Às vezes me lembro de você
E parte meu coração
Na verdade o tempo passou mas pra mim
Tudo ainda é igual
Às vezes eu penso em te dizer que nada mudou pra mim
Desde quando você foi embora ficou
Um vazio que não tem fim

Eu juro que tentei tirar você de mim
Mas parece que minha alma pede pra deixar assim
Mudando a sintonia da minha emoção

Pansamento faz questão de lembrar
Sentimento não consegue parar
Nã há nada que mude o sentido daquilo que veio pra ficar

Olha, eu tô a bordo de um navio sem mar
E não há previsão do tempo mudar
Nem esperança de encontrar o caminho
Eu tô remando sozinho

Remando sozinho. . .

Vídeo incorreto?