De noite a saudade me toca
Sufoca meu peito
De tanto querer

Queria não viver querendo
Um olhar tão certeiro
Que me faz sofrer

Essa vontade que não passa
Me mata
Essa tempestade nos meus olhos
Não quer parar

Eu não queria desistir da sua vida
Como se fosse uma ligeira fantasia
Meu bem o sol vai acordar nós dois

Já não sei mais o que fazer do pensamento
Amor me fala se foi coisa de momento
Meu coração fica na saudade
Guardando o que restou da tempestade

Guardando o que restou da tempestade

Vídeo incorreto?