Ya!

Para quem procura chamon
Em placas ou em tiras contactem os drug dealers
Ue o dillaz não é dilon
Tu queres um compromisso, mano, isso é que era bom
Eu agarrei nas Spice Girls fiz o pinipinipom ah
Manda o bongo, caixa dar é do ginásio, meu irmão
Cada puxada conta-me uma flexão
Manda vir o boi que eu pego, traz o caixão e prego
Motherfucker faço ver um rato cego, sete e meia
Continuo a ver a gente feia que rouba tênis para oferecer à centopeia
Puto que era anão hoje em dia já é player
Mesmo com 7 anões como a pequena sereia

Agarra o vinho branco, larga o cerelac
Com uma piri das minhas da-te um piripac
Fuck para todo o que tem palavra e não sabe contê-la
Que fala mal da sócia, mas vai lá comê-la
A perna eu passo a vida a tropeçá-la
Eu estou sem fala numa gala, ditadores a cagar pró regime
E à pala de um bacano tar besano mano esquece o mano-a-mano
Abre o olho agora é tag team
Tu sabes que há uma diferença numérica
O Pinto da Costa tem o Hulk, eu tenho o Capitão América
Pindérica tapa a boca à miúda que ela é histérica
Simétrica como o conforto de uma cadeira eléctrica

O miúdo que me chama para uma battle, bom
Eu não gosto de rimar contra um pinipon
Querem agarrar o meu flow, leva-lo ao photoshop
Tu queres sentir instrumentais eu chamo-te o capot
Bocas podres que há na zona tão sem força nas canelas
Porque o Dillaz ciclista tem camisola amarela, não!
Sócios entram numa bad trip
Vêm armados em coyote, saem tipo o bipbip
Muita gana, raro apanhar bezana
Queres falar em pedradas tenho a mesma à uma semana
Ficas todo embasbacado ao ver a tua pequena a dar
O baila a tu cuerpo alegria Macarena e quem és tu?
Armado em Son-Goku? Sou Dillaz Mc Boy 75Crew
Po viado disfarçado de bisonte ou gnu
É simples, falas demais eu mando-te ir levar no cu!

E falam que cascais é tiazinhas
Cada vez que tu cá vens tu vais à quinta da marinha
Não, não tropas percam essa noção
Não é na quinta da marinha que tu vez barracão eu venho
Da zona que não tem uma regalia
Aqui a pita larga a Barbie até ela é má companhia
Porque a mãe bazou um dia, o pai não conhecia
Se ela não tem uma avó imagina o que acontecia
Tropas façam refresh, não falem do chapz
Dizem que eu estou parado a minha cintura ainda mexe
Tu não percas o next, queres falar do meu sexo
Entram brancas, saem amarelas, tipo o fucking anexo
Tu queres levar alguma rima agarra num pirex
Tens que sentir o meu feeling não os feedbacks
Queres sentir a pressão espera só um becs
Não queres ter um barrigão? Então bota latex!

Caravanas passaram, todos os cães ladraram
Pensavam que Dillaz morreu, mas ele tá vivo
Muito tem conversa parva, muito pensa que me para
Mas para me fazer parar só com comprovativo
Tu não fales do meu nome, mas então viras gnomo
E se a cena da pró o torto tu ficas torcido
Madorna na conexão, zamba a puxar o canhão
Todos numa união M75

Bazem daqui, bazem daqui
Que esses falsos mother fuckers querem o Dillaz Mc

Caravanas passaram, todos os cães ladraram
Pensavam que Dillaz morreu, mas ele tá vivo
Muito tem conversa parva, muito pensa que me para
Mas para me fazer parar só com comprovativo
Tu não fales do meu nome, mas então viras gnomo
E se a cena da pró o torto tu ficas torcido
Madorna na conexão, zamba a puxar o canhão
Todos numa união M75

Vídeo incorreto?