Não foram horas a mais, foram momentos a menos
Se nos lançámos, ganhámos mas se apostámos perdemos
Com intenções muito grandes mas com motivos pequenos
Pensámos no que viria mas sem pensar no que temos
Não adianta, a semente não deu planta
O amor até que unia mas em demasia espanta
E uma metade vem, outra metade foi
Olha pra quem roubou da tua vida e olha pra quem põe
? Desabafos que eu rejeitei aos meu botões
Nunca fui o tipo que te fode e caga depois
Talvez um dia eu seja esse
Mas que se algum dia eu fizer eu pago o preço por enquanto eu não mereço
E podes querer que o que me irrita, podes que me enerva
É que eu não tenho horas a fio e esse fio com as horas quebra
Fiz pa que a moral subisse de uma maneira esquisita
Já senti muito e não disse, é verdade seja dita
E eu vou e se algum dia tu fores
Tenta vir por vontade que eu não aceito favores
Porque há sempre alguém que solta e dá o berro que me faz sair da cama
Sou um homem que é de ferro com sonhos de porcelana
Sei que o meu sentimento nunca foi fácil manter
Gostava que houvessem palavras para o poder descrever
Mas deixa-me só te dizer, deixa-me ser muito breve
Toda a água faz gelo nem todo o gelo faz neve
Pois na balança vês mudança do pesado para o leve
Que eu devo muito ao destino mas quanto é que ele me deve?
Que eu nunca tou, se a saudade te aborda
Não te preocupes com a esperança que ele morre e acorda mais tarde
Não me chames cobarde, por falta de paleio
Porque eu carrego o fardo, e o fardo eu fumei-o
Recebo o teu receio, não percebo o que tens
Há dois bilhetes para o bus e tu ou ficas ou vens

Por vezes tens a noção, que se parece contigo
O que se passa comigo
Mas se tu sabes não falas, se tu falas não dizes
Se tu dizes não são, palavras correctas para o ouvido
Mas tu tens a noção, tu bem que tens a noção
Por vezes tens noção, que se parece contigo
O que se passa comigo
Mas se tu sabes não falas, se tu falas não dizes
Se tu dizes não são, palavras correctas para o ouvido
Mas tu tens a noção, tu bem que tens a noção

Vídeo incorreto?