Atenção! Utenção! uma grande informação
Dillaz fucking mc tá a entrar em erupção
Tranquem as janelas, capoeiras e portão
Mais uma nuvem de cinzas desta vez é do canhão!

Abram chapéus de chuva, corram como o mr. Bean
Fechem as janelas do meu yellow submarine
Parem com fraturas e com ossos fraturados
Que os meus tropas tão sem pernas pelos campos minados
Vida não é ilusão, não é só tupac não
Se eles querem o que não queres tu faz a contradição
Segue aquilo que sentes, não sigas o que dizes
Que assim dou-te meia hora boy p'ra tu tares com varizes, cicatrizes

Duma batalha navalha ou espada ou com corpos todos tortos dos rebentos da granada
Acabas morto na geada deitado à beira da estrada
Pele gelada esbranquiçada pestana ampliada
Anónima a chamada que por vezes bate à porta
Eu não sou dillaz eu sou killaz que enferruja a tua cota

E quando o teu cota se deita, vê a cena suspeita cortinados rasgados sapatos e cama desfeita
Prova a mina meita e sente a sabedoria eu tou-me a vir em demasia eu fico tenso e dá-me azia
Filosofia daquilo que eu já filosofei, ninguém procria aquilo que eu um dia procriei

Wannabe's com pinta se agarram como kualas, entram na roda viva só querem beijos e balas
Só servem os outros como cadeiras em salas dá-te ó respeito com defeito que o perfeito não igualas
E esses tropas que só cantam em playback eu não mastigo e saboreio como sundaes no mac
E até sócios que não aparecem no mapa tira a capa do super-homem não dês cáfia á socapa
Pois quem desdenha quer comprar, só sabem criticar e na vossa própria bába-aré-bába vão se afogar

Sei que tás a pensar, que a vida é complicada eu sei que tu nunca tiveste o nome quanto mais aka
Papei-te bem o azeite vem, sempre ao de cima como a verdade dessa vaidade que tu tens na sina
Falsa é tua rotina quando falas do me estado eu fui criado pelos meus cotas lá na casa do fado
3 Janelas 1 telhado e uma porta também, sempre me faltou juízo mas de amor tasse bem

Ligava à noite no meu quarto e o alguidar já completo, pra companhia mega drive e um cogumelo no tecto
Nesta zona ficas bobo nunca deste pra rei, muitos querem ser o messi porque só comem lays e eu tou no place
Com o dobro da fibra que tem a meo, és como a mary popins bazas e abre o chapéu

Tu tás nua e só com um créu nunca chegaste à lua, foste pra casa sem espingarda mas o meu boy continua
Quem não avança recua, e tu disso tás lembrado és como tranças em cabeças acabas todo espigado
Muito tá parado e coçado na espiga o tropa pára dá um time e vê a fada madrinha

Sozinha, a minha alma sempre foi assim, eu tenho boca de mc boy dentro de mim
Sou prodígio de ortigaz e do meu b-of-b, eu sou vulto eu sou zéca boy nunca tou sozinho
Eu sou mastro eu sou cabo boy o bravo que não papa se me conheces minimamente sabes que eu sou bk
Saca a faca matraca culatra pa trás, armas e karmas nunca acalmaram chacras rapaz

Tombos e traumas piscinas e saunas, floras e faunas vão com o bôda mas tu bates palmas
Ainda se dizem poetas por terem uma caneta na mão, és mal servido toma o livro faz a reclamação
Ganha a noção da inspiração não me interrogues deixa a carta no submarino mas vê lá não te afogues
Porque é o chaps, sempre bem humilde bem tranquilo e no relax

Sempre original pontual como um rolex, pensando caminhado evitando todo o stress
Ma' não papo wacks! Ma' não papo wacks!
Porque é o chaps, sempre bem humilde bem tranquilo e no relax,
Madorna original pontual como um rolex, pensando caminhado evitando todo o stress
Mas não papo wacks! Mas não papo wacks!

Vídeo incorreto?