Eu levo a vida cantando
Tocando minha boiada
Mas não me deixo prender
Pelos amores da estrada

Tenho meu cavalo baio
Matungo de boa era
Ele me leva aos braços
De quem chorando me espera

Avança matungo, avança
Sobe a poeira no ramo
Hoje eu quero dormir
Nos braços de quem eu amo

Avança matungo, avança
Sobe a poeira no ramo
Hoje eu quero dormir
Nos braços de quem eu amo

Tenho além de um revólver
Um cão valente e amigo
Em cada tombo da estrada
Ele está sempre comigo

Depois de entregar o gado
Quero rever minha terra
Porque meu bem me espera
Lá na porteira da serra

Avança matungo, avança
Sobe a poeira no ramo
Hoje eu quero dormir
Nos braços de quem eu amo

Avança matungo, avança
Sobe a poeira no ramo
Hoje eu quero dormir
Nos braços de quem eu amo

Vídeo incorreto?