Depois que acostumei viver contigo
Depois que enfeitaste nosso abrigo
Sem motivo deixaste de mim
Nem sei dizer o quanto foi doído
Ver todo meu sonho destruído
E a voz do teu adeus dizendo assim:

Perdoa-me
Por confessar que não te quero mais
Se compreender partirei em paz
E entre nós não vai haver rancor
Perdão meu bem
Sejas feliz que eu também serei
Viver mentindo e contra a lei
Por ti jamais eu vou sentir amor.

Vídeo incorreto?