Este meu jeito de ser esquisito
Olhando o infinito a buscar não sei que
É uma atitude que sempre conflita
Se não acredita a causa é voce.
Procuro sempre falar as estrelas
Querendo entende-la de um modo qualquer
Como livrar-se do meu sofrimento
E do esquecimento de uma mulher

Foi sem querer que perdi seus desvelos
Ate meus cabelos perderam a cor
Ela não sabe da minha amargura
E nem da tortura do seu falso amor.

Naquela tempo fui tolo e frio
Criei um vazio aqui dentro de mim
Hoje lamento a desesperança
E a dor que avança num tédio sem fim
Ela por certo é indiferente
Vivendo o presente de luxo e prazer
Enquanto eu a vagar me amarguro
Então eu procuro seu gesto entender

Vídeo incorreto?