Moda de viola

O meu primeiro namoro foi uma linda menina
O rosto muito lindo feito e da cinturinha fina
Olhos pretos cintilantes como estrelas matutina
Nasceu em Belo Horizonte,
ai, ai, ai, se criou no sul de minas.

A família dessa moça é uma gente cretina
O velho muito revoltoso e a velha muito ladina
Quando ficaram sabendo que eu namorava Jorgina
Quiseram acabar comigo,
ai, ai, ai, me escapei na surdina.

Uma noite ela me disse o seu jeito me fascina
Vamos ver se nos se casa, e Deus quiser nos combina
Já não~sei mais o que faço pra sair desta rotina
Me leve daqui pra longe,
ai, ai, ai, você foi a minha sina.

O amor quando é demais o coração não domina
Ergui ela na garupa da minha besta grã-fina
O seu cabelo molhava molhadinho de neblina
Que momento foi este
ai, ai, ai, ninguém no mundo imagina

O pai dela quando soube se armou de carabina
E seguiu o nosso rastro igual onça felina
Eu fiquei firme no ponto sem temer qualquer ruína
Estamos nos dois casados,
ai, ai, ai, morando em Andradina.

Vídeo incorreto?