Esta noite estou com dor de cabeça


Dava pra ouvir um alfinete caindo
Quando eles entraram pela porta
Eu tive de olhar pra outro lado
Meu coração derreteu pelo chão
*
Alguém cochicou: "Onde está a auréola dela?"
Pois ela tinha um rosto de anjo
Ele ficou lá parado
Sorrindo para aquela que tomou meu lugar
*
Por isso, esta noite o sofrimento é meu
Vamos brindar a esta idiota que não percebeu
Bartender, sirva o vinho
Pois a dor é toda minha
Hoje a noite o sofrimento é meu
*
Eu me pergunto se ele lhe-disse
Que ela é a melhor pessoa que ele já conheceu
Do jeito que ele me dizia toda noite
Quando estavámos sozinhos
*
Ela vai acabar percebendo quando a novidade passar
Que ele vai achar outro alguém
Ela vai aprender o que é o sofrimento
E tudo que estou passando
*
Por isso, esta noite o sofrimento é meu
Vamos brindar a idiota que não percebeu
Bartender, sirva o vinho
Pois a dor é toda minha
Hoje a noite o sofrimento é meu