Recordações, muitas lembranças,
neste meu peito uma saudade infinda.
De minha gente, minha cidade,
saudade lá de Nova Xavantina!

Cidade azul, de encantos mil,
este meu coração a ti pertence,
a mais charmosa do meu Brasil,
sou fascinado por esta flor matogrossense!

Nova Xavantina,
cidade modelo, jóia sem rival,
Meu berço adorado, celeiro gigante,
do Brasil Central...

Minha namorada,
doce inspiração, cidade menina,
eu te amo tanto, sublime poesia,
Nova Xavantina!

Meu Rio Manso, belo sem par,
tão cristalino, caudaloso e límpido,
proporcionando gratos momentos,
a quem visita a "Praia do Chiquito"

Terra do ouro e dos diamantes,
incomparáveis seus esplendores,
eu cantarei por toda vida,
o paraíso, canção sutil, dos meus amores!

Nova Xavantina...

Vídeo incorreto?