O que eu mais queria agora
Para que fizesse eu me esquecer das horas
Que ainda vão chegar, e me obrigar a ver
Coisas que a vida impoe

Era correr para um canto escuro
Onde eu pudesse me isolar do mundo
E gritar, E chorar, E trocar a dor
Por qualquer gesto que trouxesse calma

O que eu mais queria agora
Para entender as regras dessa história
Era observar, E não tentar mudar
O que deveria ser

E mesmo que já não houvessem mágoas
Como a tristeza que percorre a estrada
Procurando luz na escuridão
Para se chamar de lar

E agora tanto faz
Eu já nem espero mais
Seja o que vier
Que faça o que quiser
Eu já nem tenho medo

E o que for para sentir
Que eu sinta algo que mude em mim
E me faça ver
Que tudo que eu dizer
Vai ser melhor para nós

Hoje eu não vejo mais motivos
Para procurar resposta em outro abrigo
Minha casa hoje e meu descanço é só teu coração
E Qualquer que seja a novidade
Que o mundo traga para sentir saudade
Eu não sinto falta em nada antes de você

Vídeo incorreto?