Como um guerreiro divino,Acabou pregando o pacifismo
Lider espiritual, condecorado e amado por tantos
Dedicatória total, a todos que poderiam mudar
As formas mais dificeis de sabedoria em todos os erros
banais

A sociedade mudou, e tanta coisa se fez
Tantas barrigas cresceram, e eu sou a bola da vez
O grande circo caiu, e os meus amigos chegaram
Trazendo grandes presentes, mas quase nenhum coração

O que se torna verdadeiro
E o que se ganha com isso
A humanidade vai surgindo
Feito praga em quintal

Teus olhos negros, tua boca
O corpo branco e sem sol
As mãos surradas na enxada
Crianças velhas de vida

Metros, Cidades, Represas
Peixes, Cavalos MArinhos
Nada tem vida e tem sentido
Sem teu som magnifico

Simples acordes dissonantes que traziam pureza
A todos olhos e ouvidos que entendiam a beleza
Que tua voz trouxe para o mundo e percorreu as areias

Da convivencia melancolica sem san natureza

Os homens só são homens porque Deus criou a mulher
O mar só é gigante porque o grande sol é piedoso
Ninguém conhece ninguém, em meses, dias ou horas
Alguém que julga que conhece, não conhece-se bem

Mas ainda sim, vamos levando e tudo tem sua verdade
O amor que resta é sempre grande
E não possui maldade

(Refrão)
Os olhos da estrela veem promessas
Mas não podem contar
Qual desses dias prometeram que eu iria mudar
O que me aconteceu ? Agora eu sou mais homem e humano

Mas ainda tenho inimigos derrubando os meus planos
(fim refrão)

Cade aquele que cantava e até tocava comigo
Saíu de vez do combinado e procurou outro abrigo
Mas por favor, deixe de lado essa conversa fiada
Que o tal culpado é a ilusão de não existir quase nada
...

... que nos faça sorrir
... que nos faça chorar
... que traga luz ao fim do túneo
... onde possamos guiar
... seja o teu sexo, a tua arma
... e mate quantos vierem
... a nossa raiva é soberana
... e acaba quando a gente .......quiseeer

Refrão

Tudo isso sobreveio e não esquecemos de ti
Até o verbo fez-se carne e caminhou entre nós
E a sua nova promessa, vitória em cima da morte
Mas alguém viu tua fome e até lhe deu de comer

E aos olhos dessas estelas, a estrela mais reluzente
Traz uma luz mais antiga que todos anos da Terra
E ninguém sabe o quanto ela já sofreu por saber
Que observar tantos destinos, é entender o "viver"


E ninguém sabe o quanto ela já sofreu por saber
Que observar tantos destinos, é entender o "viver"

Vídeo incorreto?