Subi pro mar, pro mar da Galiléia
Subi lá contra mão, subi sem pressa de voltar... pro mar
O sol queimava o meu rosto, eu vou pra lá do pesqueiro
Chegar na Pedra dos Deuses, onde ficaram meus irmãos
E não voltaram do mar

[Pré-Refrão]
Foram doze anos, cinco de preparação
Agora eu subo aqui só pra vingar o meu irmão
Eu olho para o mar que quebra na Pedra dos Deuses
Vou te enfrentar, vou te surfar, vou te vencer

[Refrão]
Eu vejo, seu nome na espuma
Que morre na Pedra dos Deuses
Eu vejo, seu nome na espuma
Que morre morre, que morre morre tantas vezes

Quanto mais te olho mais
Reverencio tua grandeza
Não vou descansar em paz
Sem paz não sou capaz de ir atrás de ser feliz

[Pré-Refrão]
Foram doze anos, cinco de preparação
Agora eu subo aqui só pra vingar o meu irmão
Eu olho para o mar que quebra na Pedra dos Deuses
Vou te enfrentar, vou te surfar, vou te vencer

[Refrão]
Eu vejo, seu nome na espuma
Que morre na Pedra dos Deuses
Eu vejo, seu nome na espuma
Que morre morre, que morre morre tantas vezes [2x]

É como não sentir calor em Cuiabá...

Vídeo incorreto?