Antes de perder você
Eu não fumava, eu não bebia
Antes de perder você
Eu tinha paz, tinha alegria

Antes de perder você
Eu não chorava, eu não sofria
Não sou mais como era antes
Hoje bebo e sou fumante
Sofro, choro noite e dia

Se é que a bebida ameniza
Paixão, amargura e desprezo
Então vou beber esta noite
Pra arrancar este amor do meu peito

Já estou acostumado a beber
E chorar feito bobo
Se hoje eu não te esquecer amor
Amanhã bebo de novo!

/

Essa noite é mais uma noite de tortura,
pois você mora no apartamento ao lado.
Ouço seus passos e fico imaginando,
que você pode estar também sozinha,
feito eu perdido num canto.

Você não sabe,
mas conheço sua vida,
eu sei de tudo que acontece em sua casa.

Eu sei a hora que você abre o chuveiro,
até parece que sinto seu cheiro e o desejo se apossa de mim.

Ai, ai, ai....
Coração que sofre,
dilacera e quase sai do peito,
um dia eu pego essa mulher de jeito,
e dou pra ela todo meu amor.

Ai, ai, ai....
Sofro e choro,
mas não me arrependo do que faço agora,
pois sei que um dia vai chegar a hora,
que nos meus braços você vai dormir.

/

Meu Deus onde está agora a mulher que amo
Será que está sozinha ou acompanhada
Só sei que aqui distante eu estou morrendo
Morrendo de saudade dela num mundo de lágrimas

Meu Deus mande que o vento encontre com ela
Pra dar minhas tristes notícias com o seu açoite
Dizer que por não estar abraçado com ela
Eu choro meu pranto escondido no colo da noite

Meu Deus...eu morro por ela
E a ausência dela, provoca meu choro
Ela é...a luz que me ilumina
Deusa da minha sina, minha estrela de ouro

Vídeo incorreto?