Um maluco
Um desorientado
Pelo espaço girando
Dançando abandonado
O sangue da natureza
O cinza pelo céu
E aquela sua beleza que foi pro beleléu
Que foi pro beleléu

Um planeta de rosto
Amargurado
Campeão do futuro
Lanterna do passado
E o sangue da natureza
Jorrando sem parar
Quem paga essa despesa
Quem é que vai pagar
Quem é que vai pagar

Planeta careta
Você se acaba mal
Cagando por aí
No espaço sideral
Que legal
Que legal

As flores as matas matarás
e as praias desertas
O mar será o cais ?
E o sangue da natureza
Jorrando sem parar
Quem paga essa despesa
Quem é que vai pagar
Quem é que vai pagar.

Vídeo incorreto?