Cansei de tanto andar
De caminhar e te procurar
No vale da morte nunca vou te encontrar
No meu caminho eu errei
É impossível voltar atrás
Se arrependimento fosse fatal

Talvez se tudo fosse um dia normal
E o que passou pudesse não ser igual
E se a morte não souber quem eu sou
Serei pra sempre alguém que não acordou

A dor
É tão pequena comparada ao ódio
De ver você sumir de dentro de mim
O tempo não respeitou
A saudade que eu senti

Seus olhos vão dizer
O que por anos você não quis dizer
Mas não espere que eu vá sumir
E desde quando eu pensei
Que algo assim pudesse existir
E destruir cada pedaço que eu sou

A escuridão da noite vai me aquecer
Mesmo sabendo que vai amanhecer
Um cinza sol vem devorando as entranhas
Em preto e branco e suas nuvens estranhas

A dor
É tão pequena comparada ao ódio
De ver você sumir de dentro de mim
O tempo não respeitou
A saudade que eu senti

E aos poucos vou perdendo você
O desespero aos poucos vem me abater
Somente o que apagou não pode dizer
Se o anjo caido acabou de morrer

Vídeo incorreto?