Moça tão bela donzela
Na sua janela ficava pra me ver passar
Que corpo que traços que tem o seu rosto
Menina que é mesmo de admirar
Parada ali cantar e dançar, e eu a lhe oferecer
Rimas poemas uma melodia uma serenata ê
Gritei pra dizer, pequena eu amo você
Ê gritei pra dizer, pequena eu amo você ( êêêê)bis

Cabelos negros que lembram a noite
Me fazem fitar e não parar de olhar
Pro seus olhos claros que escondem segredos
Que chega da medo só de imaginar

Se foi para sempre deixando os olhos que choram
Mais não deixo de sonhar

Se foi para sempre deixando os olhos que choram, que pena
Pequena levou o meu riso não os pensamentos de amor
Que cedo bem cedo então, escrevo imagino com o coração

Hê a pequena levou o meu riso não os pensamentos de amor
Que cedo bem cedo então, escrevo imagino com o coração
Solo

Moça tão bela donzela
Na sua janela ficava pra me ver passar
Que corpo que traços que tem o seu rosto
Menina que é mesmo de admirar

Que pena , pequena levou o meu riso não os pensamentos de amor
Que cedo bem cedo então, escrevo imagino com o coração auêêê

Pequena levou o meu riso não os pensamentos de amor
Que cedo bem cedo então, escrevo imagino com o coração
Imagino com o coração , imagino, uôô imagino com o coração.

Vídeo incorreto?