parece tão difícil inundados em nosso mundo cheio de
portas
será um sacrificio ou só a coisa certa

e eu gostaria de saber
saber escolher, saber enxergar, saber entender
saber perdoar

às vezes eu sei mas não quero me lembrar
que a porta que abri aquilo irá me levar
às vezes a fecho às vezes deixo aberta
mesmo sabendo não ser a porta certa

o buraco na alma não será preenchido
com a imensidão, de toda a sua cede
todos nós sabemos, qual é a resposta
mas a escondemos, atrás da parede

talvez se eu não fosse eu
Poderia ser bem mais feliz
mas não é muito bem assim
afinal você não é mais feliz, nem mais triste do que
eu

eu me protejo atrás de minha muralha
de burrice e preconceitos
omitindo tudo que há la fora
afinal do que eu me protejo
ó Deus, protejame de mim mesmo

Vídeo incorreto?