Murchar


Deixe sair, deixe sair
Sinta o espaço vazio
Tão inseguro
Encontre as palavras
E deixe sair

Olhando para baixo, olhando para baixo
Nada vem à mente
Encontre o lugar
Transforme a água em vinho

Mas eu sinto como se não estivesse chegando em lugar algum
E eu nunca verei o fim

Então eu murcho
E me entrego ao desamparo
Eu me entrego
E tudo está claro
Eu entro em colapso
E deixo a história me guiar

Ligue isso
Ligue isso
Deixe os sentimentos fluírem
Feche seus olhos
Veja aqueles que você conhecia

Abra, abra
Não relute em contar
Traga para fora
Ajude a memória escapar
Essa transparência ainda me consome
E eu me sinto como se desistisse

Então eu murcho
E me entrego ao desamparo
Eu me entrego
E tudo está claro
Eu entro em colapso
E deixo a história me guiar

Eu murcho
E me entrego

Como reflexões na página
O mundo é o que você criou

Eu afundo em hesitação
Minhas palavras se quebram
E todas as minhas melhores criações
Queimam no chão
A idéia de começar denovo
Me deixa paralizado

Lágrimas saem denovo
Outra que se foi

Então eu murcho
E me entrego ao desamparo
Eu me entrego
E tudo está claro

Eu murcho
E me entrego ao desamparo
Eu me entrego
E tudo está claro
Eu entro em colapso
E deixo a história me guiar
Eu murcho
E me entrego

Como reflexões na página
O mundo é o que você criou