Paz, se quero alcançar
Me lanço as águas
Bem no fundo transbordar
A dor e as mágoas

Em paz vou me deixar levar
Nas ondas que me deu
Sozinho vou nadar de costas
Contando estrelas que me fez

Me pegue, me leve, pra perto de ti

Sei, não posso me esquecer
Daquela graça
Basta sempre recorrer
As mesmas águas

Silente quero me banhar
Das obras de minhas mãos
Lavar a alma de vitórias
Em águas de perdão

Me pegue, me leve, pra longe de mim

Sei, não posso me esquecer
Daquela graça
Basta sempre recorrer
As mesmas águas

Silente quero me banhar
Das obras de minhas mãos
Lavar a alma de vitórias
Em águas de perdão

Me pegue, ó pai
Me leve, pra longe de mim
Paz

Vídeo incorreto?