Esquecer o que passou
Encontrar o rumo certo e reverter
Arrancar do que eu sou
A vontade que me leva longe
Eu precisei ir longe pra entender
Que nada faz sentido sem você

Quando a luz do mundo se apagar
E a porta do meu quarto abrir
Encontrarei o escuro do meu eu
E não mais houver aplausos que
Lá no fundo, eu nunca quis pra mim
Encontrarei o silêncio do meu eu

Nas estradas que me deu
Nas cidades que passei eu percebi
Quanta coisa em mim mudou
No meu peito já não arde aquele amor
Eu precisei ir longe pra entender
Que nada faz sentido sem você

Quando a luz do mundo se apagar
E a porta do meu quarto abrir
Encontrarei o escuro do meu eu
E não mais houver aplausos que
Lá no fundo, eu nunca quis pra mim
Encontrarei o silêncio do meu eu

Caso haja abrigo para um discípulo
Que rasga o coração sincero
Sei que sou teu filho, mas tenho desejo
De ser chamado servo

Quando a luz do mundo se apagar
E a porta do meu quarto abrir
Encontrarei o escuro do meu eu
E não mais houver aplausos que
Lá no fundo, eu nunca quis pra mim
Encontrarei o silêncio do meu eu

Vídeo incorreto?