Amanhã, vou acender uma vela na Muxima
Amanhã, levo para os meus santos flores de acácias
Amanhã, peço para toda gente que me estima
Amanhã, peço para o novo dia que virá (amanhã)

Amanhã,
Peço ao meu lema que faça com que eu volte
A morar na terra amada que me viu nascer

Quero chegar de madrugada
Para ver o sol raiar

Quero chegar de madrugada..... hoo
Para ninguém ver, se eu chorar (2x)

Vou andar por aí, com o meu violão
Vou à Mutamba, tomo um machimbombo qualquer
Por "ma curia a naqui", sou igual a toda a gente
Na linha da Terra Nova, só paro lá no musseque
Com a minha gente, entre mufete e conversa
E de madrugada, com Catembe vou prá Puita

Zag, zag, zag, zag ........ Zanga-zuzi até cair ... até cansar....

Aiuehh.. Que é que vai fazer amanhã meu irmão?!

Vídeo incorreto?