Expressions of the flesh (tradução)


Se somos eternas almas
Porque havemos de temer a morte?
Seres da eternidade
Expressos em carne e osso
Em que somos da poeira nascido
A poeira regrideremos
Infinidade de almas
Expressos em carne e osso
Fonte de toda a criação
Dentro de seu espírito mentiras
Canta uma canção eterna
Um hino que nunca morre
Não criou nem destruído
O final não é o fim
Quando sair desta forma mortal
A vida começa novamente
A vida começa outra vez, o fim não é o fim
A vida começa outra vez, o fim não é o fim
A vida começa outra vez, o fim não é o fim
Novamente!
Fonte de toda a criação
Dentro de seu espírito mentiras
Canta uma canção eterna
Um hino que nunca morre