Quem podia imaginar que um ladrão
Condenado por seus erros á prisão
Sem a chance de escapar de sua pena
Sem morrer, quem pode crer

Quem podia imaginar um malfeitor
Sofrimento demais, a cena de horror
Apelar de coração pra quem teria o mesmo fim
Lembra de mim

Hoje mesmo no paraíso estarás
Hoje mesmo no meu reino santo entrarás

Quem podia imaginar que a vida de um ladrão
Ainda merecesse renascer
Mas houve tempo pra se arrepender

Morrer sem salvação
Não quis o vil ladrão
O espírito de deus
Consegue convencer
Um morto a viver

Aquele que acredita e entrega o coração
Vai mesmo estar no céu, cantando num coral
Bem junto do ladrão

Vídeo incorreto?