Flor do inferno


(Venha, vamos nos esquecer daquele futuro
Que brevemente irá manchar-se de sangue de novo
Quando aquele vento ameno serpentear por você
Isso certamente será um sinal)

(* Fuja, fuja
Deste destino tão triste
Porque você não é uma flor do inferno
Num lugar como este
Não floresça, não floresça
Não seja pega)

(Fragmentos do tempo voam sem nenhum som)

(Quem aperta minha mão na sua?
Quem possui meus cabelos nos seus dedos?
O broto que chorava escondido
Pode ser um sinal...)

(** Voe, voe
Para longe das amarras do destino
Porque você não é uma flor do inferno
Num lugar como este
Não espalhe-se, não espalhe-se
E não deixe nenhuma semente para trás)

(Se elas germinarem, o karma voltará à você)

(* Fuja, fuja
Deste destino tão triste
Porque você não é uma flor do inferno
Num lugar como este
Não floresça, não floresça
Não seja pega)

(Fragmentos do tempo voam sem nenhum som)