Não há quem resista
Ser motorista sem ter um amor
Me falte gasolina
Mas não me falte uma menina
Que eu morro de dor (bis)

Eu vou pra todo canto
Desse meu brasil
E ninguém nunca viu
Eu viajar sozinho
Eu só viajo no quentinho
Da minha cabina
O cheiro de uma menina
Encurta meu caminho
Eu só viajo agarradinho

Não há quem resista
Ser motorista sem ter um amor
Me falte gasolina
Mas não me falte uma menina
Que eu morro de dor (bis)

Ainda hoje eu vou
Eu vou falar com ela
Lá na cancela
Tenho outra em vista
Só sei andar com meu xodó de lado
Não sou culpado de ser motorista (bis)

Vídeo incorreto?