Se passo ao seu lado em qualquer rua
Vira o rosto para uma realidade que é só sua
Me joga o peso do seu preconceito
Que eu não posso suportar

Na
verdade, sim
Na verdade, não...

Nossos dias têm as mesmas horas
Que, com
certeza, duram mais pra mim
Quando a noite chega, Todos se vão
Sombras e solidão.

Como vim parar aqui, nesse lugar?
Onde é que vou
chegar?

Mostrar pro mundo o meu valor
E tudo que tenho a oferecer
Não desistir, continuar.
E, sobretudo, sobreviver

Vídeo incorreto?