Abri janela só pra ver você entrar nos meus olhos
Passos de seda pra seguir teu rastro de luz
Não deixe se apagar
Que eu não durmo
A flor, o cheiro
Meu desespero

Quem vai
Vai porque precisa
Quem fica
Fica porque não pôde ir
Quem fica é quem sofre
Quem fica é quem sofre

Minha escultura não reage mais ao som
Não transpira
Na madrugada insone
O tempo compõe um lamento sem par
Espasmos, maldições, só Deus presencia
Espaço não lugar que se faz sempre o meu lugar

Quem vai
Vai porque precisa
Quem fica
Fica porque não pôde ir
Quem fica é quem sofre
Quem fica é quem sofre

Num movimento delicado pra você eu peço
Baby, plis, pare
Tua sequência pode ser pra aniquilar
Me pede pra encontrar o teu suspiro
Que eu fecho os olhos pra te apontar onde está

Quem vai
Vai porque precisa
Quem fica
Fica porque não pôde ir
Quem fica é quem sofre
Quem fica é quem sofre

Vídeo incorreto?