Andei pelas ruas da cidade
Em plena madrugada fria
Sozinho no deserto da noite
Percebi em minha caminhada

As luzes que alumia o tapete preto
Estampado com linhas amarelas
É a verdadeira passarela das estrelas
Que ofusca minha vista ao ver

Com barulhos e movimentos
Tormenta meu silêncio
Ao ver tanto concreto
Percebi logo abstrato

São montanhas de cimentos
Arranha - céus ao alto
Zebu não era a marca
Marca era meu sentimento

De melancolia e nostalgia urbana
Cinzas e velas de lamento
Ao ver como tudo mudou
E diferente ficou a bela antiga cidade...

Vídeo incorreto?