Tem horas que eu fico pensando
Que o dia não vai passar
De noite uma criatura
Eu gosto de consolar
A solidão tem cura
Eu vou é me divertir
Pois a vida é muito dura
E dura não dar pra dormir

Baba de moça, carinho
Deitar na rede e balançar
Me invoco todo e nem ligo
Tem até graça eu chorar

Eu sento pra tomar uma
E me aparece um ti-ti-ti
Eu sei que você não gosta
Mas dar vontade de rir
Sem culpa eu caio na farra
Com pena de quem não saiu
Eu bebo da vida e como
O que a vida sempre me serviu

Baba de moça, carinho
Deitar na rede e balançar
Me invoco todo e nem ligo
Tem até graça eu chorar

Tem gente secando meu samba
Querendo pegar no meu pé
Se faz de santo sem manto
Dizendo que é, mas não é
Se mete onde não devia
Como se amigo fosse
O sal grosso é pra você
Eu fico é na baba e no doce

Baba de moça, carinho
Deitar na rede e balançar
Me invoco todo e nem ligo
Tem até graça eu chorar