Vou viajar por aí
Não tenho pra onde ir
Vou arriscar na vida
Vou tentar ser feliz
Deixar a minha matriz
É triste a partida

Se acaso eu chorar
Pode ser de felicidade
Pois enfrentei a realidade
E nunca desisti de encarar a vida

Se acaso eu voltar
É porque a saudade é imensa
É porque homem também chora
Quando bate forte no peito

Tô a sua procura, Mãe - Destino
Quero ficar no sossego
Acordar com teus beijos
Pois eu sou seu menino