Nem mesmo a lua pode contar
Os passos que dei até aqui
Nem o sol pode dizer
Tantos dias no amanhecer

Ao olhar
A linha do horizonte a minha frente
Pude crer
Que o dia lá estava novamente

Não deixe a tempestade te abalar
Não deixe a tristeza te abater
Pois nem mesmo o tempo pode parar
Quando nossos destinos se cruzarem pra valer

E provar
O mais puro néctar do prazer
E sentir
Que o nosso amor nunca irá morrer