Sempre quando vai chegando a tarde
Tristeza e saudade covarde o coração invade
Invade e faz sofrer
Chega a noite solidão, escuridão, lembrança e paixão
No peito o coração
Explode, arrebenta de tanto bater

Madrugada deixo a cidade
Pego a estrada louco de saudade
O coração palpita e o corpo treme de vontade e saudade
De saudade de encontrar o meu amor
Eu grito e choro de dor

Quanto mais o tempo vai passando
Solidão vai aumentando
Coração fica chorando
No peito implorando
Amor

Vida que destino caprichoso
Que desejo perigoso
Que amor louco, gostoso, charmoso
Amor

Vídeo incorreto?