O sorriso calando o choro,
O colo amigo serve de consolo,
Ter alguém pra ouvir teus desatinos,
Trazer de volta os sonhos de menino

Quem te ergue do precipício,
E as vezes se faz de vilão
Pode até negar abrigo
Pra que aprendas na aflição,
Nunca pede nada em troca, tudo é capaz de te dar,
Toma conta do teu sono e sofre com tua dor,
Ilumina o meu caminho, se a tua vida se for

Refrão:
Força maior sempre viva em nós,
Força que nunca nos deixa só,
Luz de toda cor,
Fonte de amor, berço da paz

Quem te ergue do precipício,
E as vezes se faz de vilão
Pode até negar abrigo
Pra que aprendas na aflição,
Nunca pede nada em troca, tudo é capaz de te dar,
Toma conta do teu sono e sofre com tua dor,
Ilumina o meu caminho, se a tua vida se for

Refrão:
Força maior sempre viva em nós,
Força que nunca nos deixa só,
Luz de toda cor,
Fonte de amor, berço da paz

Vídeo incorreto?