Distorcida


Há uma voz na minha cabeça
Me dizendo para salvar o mundo
Implorando, por favor para eu perdoar

Esta manhã eu acordei e vi o mundo
Com olhos de dor e verdade
Estava pensando em como você e eu
Ainda estamos aqui, ainda estamos vivos?

Somos como abscessos, devastação, uma grinalda de farpas
Nada para se orgulhar mas oh! Sim nós podemos!

Oh meu querido, toda vida é um presente
Nós todos somos infinitamente belos
Não!

Estamos traindo, mentindo, matando e morrendo de ódio
Você fabulosa máquina da morte, tentando clonar seu par perfeito
(jogue) seu próprio jogo, veja sua queda
E seja meu irmão de guerra
Nós nos orgulharemos do que fizermos
Mesmo que não seja nada de mais