Fazia um dia bonito quando ela chegou
Trazia no rosto as marcas, que o sol queimou
Disse que estava cansada, sem lugar para ficar
Tive pena do teu pranto, e disse pode entrar
Como se me conhecesse ela me contou
Seu passado de aventuras onde ela passou
E eu sem nenhum preconceito com amor lhe aceitei
Um mês e pouco mais tarde com ela me casei
Mais um dia sem motivo ela me falou
Vou embora desta casa e do seu amor
Pra dizer mesmo a verdade eu nunca te amei
Por teu pão e tua casa foi que eu fiquei
Era uma tarde tão triste quando ela partiu
Na curva daquela estrada ela então sumiu
Ela é como folha seca que vai onde o vento quer
Me enganei quando dizia tenho uma mulher
Fazia um dia bonito quando ela chegou
E era uma tarde tão triste qunado ela partiu...

Vídeo incorreto?