Tô doidinho, prá me deitar naquela cama
Tô doidinho, prá me cobrí com teu lençol
Doidinho, prá te matar de cheiro, soprá no candeeiro
Deitá nos travesseiro e começá nosso forró (2x)

E hoje aconteça o que aconteça
Vai ter amor da cabeça até o dedão do pé
Quem é que não qué o nheco nheco
Balançado, furruçado cum fungado e cafuné

Vídeo incorreto?