Quando eu vejo a menina faceira a vadiar
Nou ai
e o seu coração de roseira serenar
Nou ai

Sua rosa cristalina
está presa em meu olhar
Sua boca vermelhinha
de paixão a latejar

Teus zói de garaba neblina da manhã
Não há quem resista um chamego
assim dizendo assim

Quando você me roça
se roçando me arrepia
E eu sou lampião
mirando a lua de paixão

Bora teu sol no meu sol
Me deixa no mundo da lua
Pois eu não aguento cafuné

Vídeo incorreto?