(Como diz o meu parceiro Bezerra da Silva
Eu náo preciso fazer a cabeça
eu já nasci com ela
A questão é...
Até onde que ela pode me levar
Se é que ela pode me levar)

A vida é um eterno perde e ganha
Um dia a gente perde
Num outro a gente apanha
Apanha e nem por isso a gente vai fugir da luta
Num vou abaixar a cabeça prá nenhum filho da..ah..puta

As pedras no caminho a gente chuta
É super natural
Não deixo abaixar minha moral
Tenho que me manter em movimento
A vida não é mole
mas qualquer parada enfrento, enfrento

Tão louco voce pensa que está
E se é que está
Tão louco voce pode ficar

Se a vida não é do jeito que se quis
A idéia é procurar
o caminho que te deixa feliz

Ficar do lado do bem,
eu fico também
Se o papo for atitude
não tem prá ninguem

A questão aqui é o sangue bom é quem
Se a felicidade tá numa nota de cem

(parte em inglês)

Do lado de cá faço a conexão
Do lado de lá só pinta sangue bom
Chego no fim caminho nem que vá a pé
Me diga com que andas
E te direi quem é

Do lado de cá faço a conexão
Do lado de lá só pinta sangue bom
Chego no fim caminho nem que vá a pé
Me diga com que andas
E te direi quem é

Aí Aí
Sangue Bom que é Sangue Bom
é considerado em qualquer lugar
Tem que saber chegar
Chega no sapatinho parceiro
Sem neurose
Salve salve os verdadeiros arquitetos da musica brasileira
Salve Jovelina Perola Negra
Chega aí rapaziada

laia lalaialao olalao

Vídeo incorreto?