Tá chegando uma vanera
Pra levantar o povão
Com a ginga brasileira
E o tempero gauchão
Tem balanço batuqueiro pra dizer no pé
E o molejo forrozeiro, do balão arrasta pé
tem floreio de rasgueado
Bem mato-grossense e um reggae envenenado
Numa festa maranhense

vem pra cá, vamos nessa moçada fandangueira
Conhecer o Brasil no Expresso da Vanera

Essa vanera puxa o sorriso catarina
A pureza amazonense
E a força nordestina
Tem o som paranaense
E a viola do sertão
tem mineiro e carioca
Tudo num só coração

Vídeo incorreto?