Nem pense que me fabricaram
Eu estou aqui há tempo demais
E por pouco não me detonaram
Fui entrando pela porta de trás

Muita merda quiseram que eu tocasse
Ah se minha alma falasse
Por favor, me deixe ser
Quem eu quero ser

Sou um Estranho no ninho
No cenário do pop nacional
Mas vou traçando meu caminho
Correndo por fora, por fora e tal

O meu caminho é o mais penoso
Nada parece acontecer
E por mais que seja doloroso
Vou insistir até morrer

Muita gente queria que eu parasse
Ah, se um dia alguém me ajudasse
Mas agora eu já sou
Quem queria ser

Vídeo incorreto?