Tu não mata lavandêra
Tu não mata, caçadô
Lavandêra é o 'passo' santo
Que lavou a camisa
de Nosso Senhor
Era essa a conversa que eu via
De noite e de dia
no meio do sertão
Eu armado de baleadeira
Via a lavandêra e não matava não
Eu matei juriti na bebida
E jacu na comida
Nos pé de juá
Eu matei cordoniz na carreira
Mas pra lavandêra eu só fazia olhá
Mas um dia eu fiz pontaria
Foi só pontaria
Não ia atirá
E a pedra zunindo ligeira
Matou lavandêra
E eu deixei de caçá

Vídeo incorreto?