A voz de quem não tem a voz, é nóis (4x)
A hora é agora e o lugar é aqui
Vindo de Curitiba sete Mc's
Mostrando a verdade que o sistema escondia
Falando o que acontece na periferia
Viciados na esquina eu já cansei de ver
Se DEUS deu a vida veio tenta vive
Os mano se matando segunda a segunda
Por causa de pedra, pó e vagabunda
Respeito é muito bom pra quem mora na favela
Não brinco com a morte, mas convivo com ela
Casas improvisadas na beira do rio
Crianças inocentes morrendo de frio
Sem comida, sem emprego, sem educação
Cidadão enfrenta a vida de oitão na mão
Maluquinho de esquina, já viro rotina
Pega seu dinheiro, passa cocaína
Coagido pelos "home" sai em disparada
Já não me assusto mais com as treta da minha área
Valeta a céu aberto (vixi)
Briga de gangue
Pai angustiado
Mãe chora sangue
Ao povo de Curitiba, vivendo de ilusão
Por trás da beleza se esconde podridão
E muita revolta, tem sua conseqüência
Vários homicídios muita violência
O amor morreu, eu peço a DEUS
Ajude a periferia, e salve os filhos seus

Refrão:
A voz do povo é a voz de DEUS
Periferia nós somos filhos seus
Cara corra atrás da paz, antes que seja tarde demais mas(2x)

Falar hoje em dia de paz fica embaçado
Qualquer um que vive na miséria fica revoltado
Indignado
Com a situação da nossa área, falta assistência
Valeta a céu aberto, moradia precária ai
Pra quem não entende o nosso relato não vale um prato
Esse é o fato mas eu to ligado
Que pra quem compreende, é muito eficaz,
Encontrar na rima um meio pra transmitir a paz
No principio não é nada fácil
Pra se viver aqui tem que ter nervos de aço
Nos falamos somente a realidade
Nosso maior lema é dignidade, determinação e humildade;
Relatando o veneno da zona oeste pa
Sete malucos DJ
Com a mente aberta, prontos para rimar, para atacar
Sim o grande feitor que fabrica nossos problemas
Quem é daqui, sabe que é o sistema
Você acha que é legal pra mim fala da rua
Ver a verdade nua e crua, na cara dura
Um mundo onde só existe amargura irmão
Um mundo onde só existe amargura ladrão
Eu jogo todas as cartas na mesa. E peço pra DEUS
Que meu corpo e minha mente, não padeça
E você burguesia, não se esqueça
Você esta na mira, e o franco atirador é a periferia ai
O tempo é poco, mas ainda da pra fala
Quem só entender o titulo do livro ira gostar
Eu quero deixar na rima bem claro
Que eu não pago comedia, e J C não é formado por otário
Nos lutamos pela nossa libertação
E direitos iguais para nossa população

"que a liberdade nunca vai ser dada voluntariamente pelo opressor
tem que ser conquistada pelos oprimidos moro"

Refrão:
A voz do povo é a voz de DEUS
Periferia nós somos filhos seus
Cara corra atrás da paz, antes que seja tarde demais mas(2x)


Passamos informação, não é papo de ladrão
É só idéia de conscientização
Olhando o retrato da nossa comunidade
Cem por cento maldade, calamidade
Abaixo de zero a felicidade, a felicidade , a felicidade
Aqui ninguém, é melhor que ninguém
No acerto de contas, sempre vai um pro alem
Morreu um irmão no asfalto lá em baixo
Jogando para ver, quem ia ganhar um dinheiro mais fácil
No mundo do furto, passando o produto, o mérito é pra aquele que sabe fazer de tudo
Vários artigo no 121, outros no 157 pra quem ta lá atrás dos muro
Sabe o que acontece, lá dentro a lei é foda
Tem que sabe respeita, vacilo, vão te cata
Mãe de cela vai vira, pode acredita, pode acredita, pode acredita
Capital ecológica, cidade sorriso o caralho
Pra quem mora na periferia, ta ligado?
Que o boicote e não é pouco
Joga os "pé de bota" nas ruas para acabar com o povo
Total falta de respeito, respeito
Por parte do sistema com o nosso gueto
A hora é agora, e não fuja da realidade
Prove que você tem a capacidade
Corra atrás dos seus ideais
Mano eu to ligado você é capaz

Corra atrás dos seus ideais
Mano eu to ligado você é capaz

Refrão:
A voz do povo é a voz de DEUS
Periferia nós somos filhos seus
Cara corra atrás da paz, antes que seja tarde demais mas(3x)

Eu peço a paz a DEUS
Ajude os filhos seus
A voz do povo é a voz de DEUS
É a voz de DEUS

Vídeo incorreto?