Sempre que te mando embora,
Tua jura é não voltares
Quando chegas com o teu jeito,
Logo me derreto eu peço para ficares
Teu amor é um feitiço,
Que me leva á loucura
Já tentei fugir de ti,
Mas não consegui preciso de ajuda.

REFRÃO:
És uma pedra no meu sapato,
No meu sapato, ai podes crer
Andamos sempre como cão e gato,
Cão e gato, até morrer.
És uma pedra no meu sapato,
No meu sapato, ai podes crer
Andamos sempre como cão e gato,
Cão e gato, até morrer.

Sempre que te dou o fora,
Tu vais e não perdes tempo
Mas vens logo de seguida,
Com a mesma cantiga eu caiu sempre
Teu amor é um feitiço,
Que me leva á loucura
Já tentei fugir de ti,
Mas não consegui preciso de ajuda

REFRÃO
És uma pedra no meu sapato,
No meu sapato, ai podes crer
Andamos sempre como cão e gato,
Cão e gato, até morrer.
És uma pedra no meu sapato,
No meu sapato, ai podes crer
Andamos sempre como cão e gato,
Cão e gato, até morrer.

És uma pedra no meu sapato,
No meu sapato, ai podes crer
Andamos sempre como cão e gato,
Cão e gato, até morrer
És uma pedra no meu sapato,
No meu sapato, ai podes crer
Andamos sempre como cão e gato,
Cão e gato, até morrer

Vídeo incorreto?