Entrando lá no jardim buscava o pai.
Fraco temendo a separação.
Por causa da culpa de todos nós.
Parecia distante da presença de deus.
Tão só e sofrendo ele pede ao pai:
Se possível for afasta o cálice de mim!
Mas não como eu quero.
Mas como tu queres!
Minha vida entrego em tuas mãos!

Não posso deixá-lo sozinho!
Por mim ele tudo sofreu.
Até mesmo a dor do pecado.
A dor que em meu lugar passou!
Não posso deixar meu senhor.
Ele chama por ti e por mim.

E todo o céu silenciou.
Pois era o rei dos reis.
Que estava ao chão a clamar.
Pelo auxilio do pai!
Os anjos queriam conforto lhe dar.
Mas muitos não vêem.
Quão grande amor!

Não posso deixá-lo sozinho.
Por mim ele tudo sofreu.
Até mesmo a dor do pecado.
A dor que em meu lugar passou.
Não posso deixar meu senhor.
Ele chama por ti.
Ele chama por ti.
Ele chama por ti e por mim.
Não posso deixar meu senhor.

Vídeo incorreto?