É tão difícil deixar-te
Antes pedir que me deixes...
Tu tens o encanto à parte
do brilho fugidio dos peixes.

Gosto de te ver andar de bicicleta na minha rua
É a maneira indirecta de mostrares as tuas pernas
Uma agora, outra depois...

Até a saia mais discreta parece feita de vento
Eu no passeio
E tu no acento...
Dás tesouradas no ar
no meu peito a contra tempo

É tão difícil deixar-te
ver-te virar noutra rua
Tu tens o encanto à parte
de pedalar para a Lua

Vídeo incorreto?