Coisas que eu não entendo,
Coisas que eu não pretendo,
Coisas que eu esqueci pra viver,
Coisas que eu inventei pra esquecer,

Não me importa o que sou,
Se sou livre, eu vou
Pelo dias acesas, confessam
A única coisa que tenho,
Que meu sentimento desenho,
Que a dúvida perca ao começo,
A única coisa que eu tenho,
É você...
Aurora, Aurora, Aurora...

Coisas que eu atormento,
Coisas sem documento,
Coisas que eu já quebrei por você,
Coisas que eu concertei pra viver,

Não me importa o que sou,
Com sorriso eu vou,
Do sertão ao espaço, eu me expresso
E a única coisa que cerca,
Que deixa a janela aberta,
Que a dúvida vai e começo,
E atenda sem ter endereço,
A única coisa que eu tenho,
É você...
Aurora, Aurora, Aurora...

E a única coisa que cerca,
Que deixa a janela aberta,
Que a dúvida perca ao começo,
E atenda sem ter endereço,
A única coisa que eu tenho,
É você...
Aurora, Aurora, Aurora, Aurora, Aurora...

Vídeo incorreto?