Faço acrobacia, faço folia
Eu sou seu guia pra esse mês
Nosso amor vai servir de peneira
Curar a leseira, acender a caldeira
Fazer batedeira no peito outra vez
É claro que eu não me engano
Eu tenho um plano
Eu sou humano sem saber errar
A hora é essa, leia na testa
Que a nossa festa vai tudo afogar

E quando a alegria vem
É por que alguém
Coloriu um mundo monocromo
Não tente prever o futuro
Subir o seu muro
Fazer um seguro
Que nada faz
Você ter aquela certeza
Segura, certeira
Deixe de ser flor em vendaval
Eu vou transformar em moldura
O seu Pantanal monocromo

Pela "mais valia", só mais um dia
Não é só minha a insensatez
Nosso amor vai pegar a donzela
Botar na panela, fazer clientela
Queimar toda a vela e dar lucidez
É claro que eu não me engano
Eu também clamo, eu sou humano
Preciso sonhar
A hora é essa e a sua pressa
Só me confessa a procurar por lar

Vídeo incorreto?