Fex

Há muitos anos nos jogaram a margem do que é nosso, nos dando apenas a sensação de que teríamos que ser inferiores a eles. Tiraram nossa dignidade, nosso orgulho, nosso respeito, nosso amor próprio e, ainda hoje, não temos muitos direitos, só deveres. Porém, mais do que nunca, começamos a nos reerguer, a nos conscientizar, devolvendo ao sistema a mais amarga derrota. Sabe qual a maior prova de nossa vitória sobre o lado oposto, irmão, sabe? Nós estamos vivos! Eu disse: vivos!

Fex

O gueto vive, sobrevive, pela luta se define
Aqui não tem só arma, crack, ódio medo e crime
Tem muito suor na batalha por um mundo diferente
Um mundo mais justo, bem melhor pra nossa gente

Man

Infelizmente a situação às vezes não dá opção
Detona parte dos irmãos, sistema de aniquilação

Fex

Porém enquanto houver resistência, defesa de um ideal
Chora opressor, se aproxima o seu final

Com moral vamos passando por várias barreiras
Constituindo vitórias, cruzando fronteiras
Respondendo aos poderosos que se esquecem de nós
Que aqui vive a maioria, periferia tem a voz

Tem a voz que na guerra vai nos libertar
Tem a nós como soldados prestes a atacar
O gueto vive e forma uma sociedade de valor
Forte, valente, inteligente e superior

Refrão: 4x

R. Lucas

O gueto vive coro (vive), vive coro (vive), vive...
coro (Ha, o gueto vive, meu irmão)!

Man

Somos o fruto de um sistema burro de preconceitos mil
Onde o pobre se explode e o rico acende o pavio
Mas não pense que vamos dar nossa cabeça numa bandeja
Estamos dispostos a tudo pra poder virar a mesa

Fex

Tenha certeza, o gueto vive meu irmão
Naquele homem de calo na mão, naquela criança de pé no chão
Na força daquela mulher com seu filho no colo
Na poesia de Edi Rock no seu disco solo

Man

Nossa ascensão é fato incontestável
É a solução naturalmente responsável

Fex

Clara e evidente, totalmente decente
Batendo de frente com a mente doente da elite demente

Man

Queriam ver fraqueza (há, há)..., se deram muito mal
Acabaram enxergando nosso orgulho racional
Acolhido pelo coração de cada guerreiro
Movido pela união, a pura alma do gueto

Refrão: 4x

R. Lucas

O gueto vive coro (vive), vive coro (vive), vive...
coro (Ha, o gueto vive, meu irmão)!

Fex

Cada pessoa que aqui mora é uma partícula

Man

Que representa os muitos sonhos da periferia

Fex

A potência da junção de toda esperança reunida

Man

Equivale a maior arma do povo: a vida

Fex

Se liga, missão a ser cumprida, vamos pra briga, irmão
Não fuja da raia, não, dê a sua colaboração

Man

O gueto vive e não espera que as coisas caiam do céu
Já sabemos nossa função, nosso lugar, nosso papel

Fex

Vamos buscar aquilo que nunca vão querer nos dar
Vamos provar a capacidade pra comandar

Man

E elevar a capacidade dos nossos a uma grande altura
Mente, alma e coração em pleno estado de cura

FexAí segura Manse puder, Fexpode vir Manquem vier
FexNada irá Mannos deter, Fexse arrisque Manquem quiser

Fex

Agora é a hora da extinção de toda doença que nos atinge
Vamos celebrar a vitória, o gueto vive!


Refrão: 4x

R. Lucas

O gueto vive coro (vive), vive coro (vive), vive...
coro (Ha, o gueto vive, meu irmão)!

Fala (final):

Fex

Nesse momento estamos renascendo das cinzas para incomodar quem nos colocou nelas. Chegou a hora da Reviravolta, a ressurreição de um povo que quer o poder, não para oprimir, mas para que possa haver condições de uma vida digna para todos. Vamos nos preparar, o confronto está por vir. É chegado o momento de organização para não perpetuarmos os erros dos que nos flagelam. Pense nisso, irmão: a verdadeira sabedoria está em não agir igual o inimigo e, assim, surpreendê-lo, superá-lo. Essa é a verdadeira revolução. E nossa honra e força são as munições nessa batalha para continuarmos vivos, eu disse: vivos!

R. Lucas

Filosofia... O gueto vive...
Meu irmão... Irmão...

Vídeo incorreto?